Depressão Bipolar            

Doença Maníaco-Depressiva: sabe o que significa? Conseguiria lidar a com ela?

Home page
Início
O Que É
Sintomas
Causas
Tratamento
Opinião
Pesquisa

Sintomas

Os sintomas são caracterizados por cada tipo de crise.

Mania e Depressão

Mania

A “mania” manifesta-se em estados de humor elevado, eufórico ou irritável. A pessoa sente-se alegre, altiva, sociável, inteligente e criativa. A elevação progressiva do humor e a aceleração psíquica podem trazer consigo alguns ou todos os sintomas:

  • Irritabilidade extrema (a pessoa torna-se exigente quando os outros não pactuam com as suas vontades)

  • Crença não realista das suas capacidades e poderes

  • Capacidade de julgamento pobre

  • Comportamento provocante, inoportuno e agressivo

  • Negação do óbvio, de que está errado

  • Energia elevada (hiperactividade), reduzindo a necessidade de sono e aumentando o abuso de álcool, medicamentos e drogas para dormir

  • Auto-estima elevada

  • Repentinas e imprevisíveis alterações emocionais (a fala é rápida, mudança frequente de assunto, nunca acabando o primeiro, os pensamentos aceleram-se)

  • Reacções excessivas e interpretações erradas de acontecimentos, irritação e dificuldade de enfrentar comentários banais

  • Dificuldade de assimilar ideias, transmitindo-as de modo errado

  • Maior interesse por diversas actividades

  • Aumento da vontade sexual

  • Não reconhecimento da doença, tenta recusar o tratamento

  • Culpar os outros pelo que ocorre de mal, inclusive pela própria doença

  • Perda da noção da realidade

  • Incoerência de actos

<Topo>

Depressão

A depressão manifesta-se pela tristeza e pelo desespero. Deste modo, os sintomas são:

  • Obsessão com pensamentos negativos, não conseguindo afastá-los

  • Preocupação com fracassos ou incapacidades

  • Sentimentos de inutilidade, culpa excessiva

  • Perda de interesse ou prazer em actividades quotidianas (trabalho, hobbies, pessoas, familiares, amigos e sexo

  • Pensamento lento, esquecimento, dificuldade de concentração e em tomar decisões

  • Perda de energia, sentimento de fadiga ou agitação e inquietação

  • Preocupação excessiva com queixas físicas

  • Alterações do apetite e do peso

  • Dificuldades em dormir, ou dormir excessivamente

  • Choro fácil ou vontade de chorar sem ser capaz

  • Pensamentos repetitivos de morte ou suicídio

  • Uso excessivo de bebidas alcoólicas ou de outras substâncias

<Topo>

Podem existir crises mistas, de depressão e de “mania”. É o caso da Depressão Tipo I.
O tipo II não apresenta episódios de mania, mas de hipomania com depressão (crises depressivas graves e fases leves de elevação do humor).

Há uma tendência para os pacientes fazerem várias crises de um tipo e poucas de outro; há doentes bipolares que nunca tiveram fases deprimidas e há deprimidos que só tiveram uma fase maníaca enquanto as depressivas foram numerosas.

A depressão e a “mania” graves podem ser acompanhadas por períodos de psicose que incluem alucinações (sentir, cheirar, observar coisas que não existem) e delírios (falsas crenças baseadas no ilógico, apesar da existência da evidências do contrário).

<Topo>

 

Copyright © Ana Monteiro
Contacto: 9030097@eseig.ipp.pt
Última modificação: 13-06-2006